07h00 - quinta, 13/12/2018

Misericórdia de Messejana
avança com requalificação do lar

Misericórdia de Messejana avança com requalificação do lar

A Santa Casa da Misericórdia de Nossa Senhora da Assunção, de Messejana (concelho de Aljustrel), vai avançar com obras de requalificação e ampliação do seu lar de idosos. A obra deverá arrancar durante o primeiro semestre do próximo ano e representa um investimento total de quase 860 mil euros, contando com financiamento comunitário, através do Alentejo 2020, na ordem dos 750 mil euros. Também a Câmara de Aljustrel apoia o projecto em cerca de 90 mil euros.
"Este projecto agora aprovado é a primeira fase de um projecto integrado de intervenção social" nas instalações do lar, refere o provedor da Misericórdia de Messejana. "No entanto, esta aprovação da primeira fase foi e é fulcral, pois pode-se considerar que é o 'projecto-mãe', visando essencialmente dar resposta às recomendações e normativos legais, que regulam o funcionamento deste tipo de equipamento", acrescenta Manuel Ruas ao "CA".
De acordo com este responsável, a obra deverá estar concluída "até final de 2020" ou mesmo antes, sendo que o lar vai permanecer "sempre em funcionamento". A empreitada, adianta Manuel Ruas, "implica a edificação de um novo bloco no chamado quintal do ATL, preservando todas as construções e onde futuramente se situará o Salão Social", o que possibilitará "um aumento da capacidade de centro de dia e condições dignas de bem-estar e conforto".
"Esta intervenção permite igualmente aumentar a capacidade de cozinha e lavandaria e, assim, aumentar a capacidade do apoio domiciliário, que passa dos 20 utentes actuais para 105 no fornecimento de refeições e 35 no tratamento de roupa".
As obras da primeira fase do projecto de remodelação e ampliação do lar de Messejana ainda não se iniciaram, mas o provedor da Misericórdia já pensa no futuro… e numa segunda fase, que permitirá a criação de mais oito a 10 camas nesta resposta social.
"Este é um projecto integrado de intervenção social, em que a segunda fase contempla, se houver um acordo com a Freguesia, o alargamento de quartos e assim o aumento de vagas/ camas, importante e fundamental para a sustentabilidade da instituição, assim como a criação dos espaços para os serviços administrativos e dos órgãos sociais, contemplando também intervenções complementares e necessárias, como a eficiência energética e o restauro do edifício do ATL", revela Manuel Ruas.
Segundo provedor, a Misericórdia de Messejana pretende avançar com o projecto da segunda "durante o ano de 2019 e durante o ano de 2020 efectuar a obra".
Depois, continua Manuel Ruas, poderá vir uma "uma terceira fase ou uma fase paralela, onde é necessário uma intervenção no edifício do museu, assim como a parte imaterial", nomeadamente "a capacitação administrativa", "a formação profissional", "a introdução das novas tecnologias ao serviço das respostas sociais" ou "a tele-assistência", entre outras áreas.
"Tudo isto é possível com esta aprovação, pois só com a realização desta primeira intervenção é possível concretizar as fases seguintes, quer ao nível de obra, quer a nível financeiro, como de organização em todos os níveis", remata Manuel Ruas.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 18/01/2019
Odemira debate alojamento local
O alojamento local vai estar em debate nesta sexta-feira, 18, a partir das 14h30, no auditório da Biblioteca Municipal de Odemira, numa sessão promovida pela autarquia local.
07h00 - sexta, 18/01/2019
CCDR Alentejo debate futuro da região
A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDR do Alentejo) organiza nesta sexta-feira, 18, em Évora, o debate "Roteiro 2019: Desafiar o Futuro", que contará com a presença do secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão.
07h00 - sexta, 18/01/2019
Educação para a Saúde
promovida em Beja
A Biblioteca Municipal José Saramago, em Beja, recebe nesta sexta-feira, 18, pelas 18h00, a cerimónia de compromisso dos 28 mediadores de saúde juvenil que integram o projecto "Educação para a Saúde Pelos Pares dos Jovens do Baixo Alentejo" (EPPA).
07h00 - quinta, 17/01/2019
JF São Luís dinamiza
projecto ambiental
Na freguesia de São Luís, no concelho de Odemira, "escalabardo" é o nome dado pelos seus habitantes ao saca-rabos, mas também a designação oficial de um projecto ambiental, social e comunitário que a Junta de Freguesia local tem vindo a dinamizar.
07h00 - quinta, 17/01/2019
"Colorful Communities"
na ART em Castro Verde
A Associação de Respostas Terapêuticas (ART), em Castro Verde, recebe nesta quinta-feira, 17 de Janeiro, uma acção do programa global de solidariedade social "Colorful Communities", promovido pela PPG Dyrup.

Data: 11/01/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial