07h00 - quinta, 29/11/2018

PS viabiliza electrificação
da linha Casa Branca-Beja

PS viabiliza electrificação da linha Casa Branca-Beja

O deputado do PS eleito por Beja, assim como o grupo parlamentar do PS, viabilizaram a proposta de alteração do Orçamento de Estado para 2019 apresentada pelo Partido Ecologista "Os Verdes", para consagrar que o Governo assuma como prioridade a "urgente electrificação da linha ferroviária entre Casa Branca e Beja".
Segundo Pedro do Carmo, esta proposta "surge em linha" com o que sempre tem defendido: "a necessidade de encontrar financiamento europeu para reforçar a qualidade do serviço ferroviário no Baixo Alentejo, superando o actual quadro de falta de investimento e de degradação das condições de utilização da ferrovia na linha entre a Casa Branca e Beja".
"Há muito que a ferrovia é um parente pobre do quadro de investimentos de vários governos e o anterior governo PSD/ CDS, aquando da negociação do actual quadro comunitário de apoios, o Portugal 2020, não contemplou nenhum investimento ferroviário para Beja", sublinha Pedro do Carmo, lembrandi que ao longo do tempo tem defendido que, no quadro da reprogramação do Portugal 2020 ou na configuração do Portugal 2030, "sejam contempladas as verbas necessária à concretização dos investimentos ferroviários que acompanhem as dinâmicas do território do Baixo Alentejo e os ritmos de mobilidade da população, quer entre a Casa Branca e Beja, quer entre a Funcheira e Beja, mas também entre a Funcheira e Lisboa".
"A política é feita de opções em função das disponibilidades. Este será um investimento só possível com vontade política e com o adequado aproveitamento da nossa participação no processo europeu, que alguns contestam", vinca o deputado socialista.
Pedro do Carmo argumenta ainda que a opção estrutural de electrificação da linha ferroviária entre Casa Branca e Beja "não invalida a urgência da melhoria das condições de circulação e de utilização do serviço ferroviário no troço, com reforço das composições, do conforto dos passageiros e do respeito pelos baixo-alentejanos e pelo Baixo Alentejo".
"Como sempre tem sido dito, é preciso responder à urgência do presente e dar passos para resolver os problemas estruturais, que requerem mais investimento e que não foram prioridade para anteriores governos", remata Pedro do Carmo.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 18/12/2018
CM Castro Verde promove
ATL completo nas férias de Natal
A Câmara de Castro Verde promove durante o actual perído de férias escolares do Natal, pela primeira vez, um programa de actividades de tempos livres (ATL) para as crianças do concelho com horário completo.
07h00 - terça, 18/12/2018
Três detidos
por tráfico de
droga em Beja
A GNR deteve na última sexta-feira, 14 de Dezembro, em Beja, um homem e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 25 e 51 anos, por suspeitas do crime de tráfico de estupefacientes.
07h00 - terça, 18/12/2018
Quatro projectos vencem OP de Odemira em 2018
Foram quatro as propostas vencedoras do "Orçamento Participativo" (OP) da Câmara de Odemira em 2018, que serão implementadas a partir de 2019 e representam um investimento municipal total de 500 mil euros.
07h00 - terça, 18/12/2018
CDU avalia
auditoria às contas
da CM Castro Verde
A CDU de Castro Verde considera que a auditoria às contas da Câmara de Castro Verde no mandato 2014-2017 "não demonstrou nenhumas evidências de 'incompetência' ou 'má gestão' da CDU".
07h00 - segunda, 17/12/2018
Saúde preocupa
deputados de PSD e PCP
Os deputados do PSD e do PCP eleitos por Beja estão preocupados com os cuidados de saúde prestados na região e com a actual situação vivida na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Data: 07/12/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial