07h00 - segunda, 19/11/2018

Castro Verde: PS critica chumbo
do orçamento, CDU justifica

Castro Verde: PS critica chumbo do orçamento, CDU justifica

O PS de Castro Verde tece duras críticas à CDU por ter chumbado, na Assembleia Municipal, o Orçamento e Grandes Opções do Plano (GOP) da autarquia para o próximo ano de 2019.
Em comunicado, os socialistas lamentam "profundamente que, sem razões objectivas e de forma irresponsável", a CDU de Castro Verde tenha votado contra os documentos, "com tudo o que isso tem de mau e negativo" para o concelho.
"Pela primeira vez, em 42 anos de democracia, o Orçamento foi 'chumbado' e isso, só por si, explica muito bem como a CDU ainda não compreendeu as razões da sua derrota eleitoral e, agora, parece querer prejudicar Castro Verde e os castrenses", afirma o PS, para logo acrescentar: "Ao votar contra o Orçamento da Câmara Municipal, por um lado, a CDU está a assumir uma irremediável contradição, pois não aprova um documento onde estão, pelo menos, cerca de 90% das propostas que a própria CDU apresentou".
O PS diz ainda que ao assumir esta posição, "a CDU liderada por Francisco Duarte, entre muitos outros projectos, está a votar contra as obras na Escola Secundária; contra as intervenções na rede de águas de Castro Verde; contra a requalificação do pavilhão desportivo; contra a criação da Zona de Actividades Económicas; e contra as obras da estrada de Santa Bárbara e da Mina de Neves-Corvo".
"Neste quadro de completo desnorte, que ficou bem patente na atitude de alguns dos seus eleitos na Assembleia Municipal, também fica claro que, para tentar sobreviver, a CDU não se importa de pôr em causa e deixar para trás os interesses da população de Castro Verde, de pôr em causa o profissionalismo dos técnicos do Município que trabalharam no Orçamento e, naturalmente, de comprometer o normal funcionamento da Câmara Municipal", rematam os socialistas.
Por sua vez, a CDU justifica a sua decisão na Assembleia Municipal por considerar que a proposta de Orçamento e GOP apresentada pelo executivo municipal "continua a asfixiar e a diminuir a capacidade de intervenção das juntas de freguesia, sobretudo ao nível da possibilidade de investimento".
Em comunicado, a CDU acrescenta ter igualmente detectado que a proposta "tem um conjunto de lacunas, imprecisões e mesmo 'erros técnicos'", além de "não poder aceitar o falso argumento da 'má gestão e da herança que CDU deixou'".
Entretanto, a Câmara de Castro Verde já veio a público explicar que o executivo "vai agora proceder a uma nova apreciação do documento, avaliar os caminhos a seguir e, consequentemente, apresentar o mais rápido possível e nos termos estabelecidos na Lei, uma nova proposta para apreciação e votação nos órgãos municipais".


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
13h34 - terça, 18/06/2019
Detido pela GNR por lenocínio no concelho de Ourique
Um homem de 59 anos vai aguardar julgamento em prisão preventiva, depois de ter sido detido pela GNR no concelho de Ourique pela alegada prática dos crimes de lenocínio, auxílio à imigração ilegal, detenção de arma proibida, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais.
07h00 - terça, 18/06/2019
Acidente causa ferido
grave na mina de Aljustrel
O rebentamento de uma conduta de ar comprimido na lavaria da mina de Aljustrel causou ferimentos graves a um trabalhador de 32 anos na tarde desta segunda-feira, 17 de Junho.
07h00 - terça, 18/06/2019
Incêndios nos concelhos
de Almodôvar e Castro
Dois incêndios queimaram na tarde desta segunda-feira, 17 de Junho, vários hectares de floresta e de pasto nos concelhos de Almodôvar e de Castro Verde.
07h00 - terça, 18/06/2019
Teatro para seniores
na vila de Aljustrel
O Cine Oriental, em Aljustrel, recebe nesta terça-feira, 18 de Junho, pelas 15h00, a peça de teatro "A minha avó é uma comédia!", interpretada pela Associação Cultural Cri'Arte e apresentada no âmbito das Jornadas do Envelhecimento + Activo 2019.
07h00 - terça, 18/06/2019
Câmara de Ferreira do Alentejo
lança novo Programa de
Responsabilidade Social
Distinguir anualmente as empresas que promovam práticas sociais e ambientais responsáveis no concelho é o objectivo do novo Programa de Responsabilidade Social da Câmara de Ferreira do Alentejo.

Data: 14/06/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial