07h00 - sexta, 16/11/2018

CDU chumba orçamento
de 2019 da CM Castro Verde

CDU chumba orçamento de 2019 da CM Castro Verde

O Orçamento e Grandes Opções do Plano (GOP) da Câmara de Castro Verde, liderada pelo PS, para 2019 foram chumbados pela CDU nesta quinta-feira, 15 de Novembro, em sessão da Assembleia Municipal. Os documentos, no valor de 12,7 milhões de euros, estiveram em apreciação na sessão, acabando por ter 10 votos contra da CDU (que tem a maioria neste órgão) contra nove dos eleitos do PS.
"O falso argumento da 'herança da CDU', a procura da asfixia e da diminuição da capacidade de intervenção das juntas de freguesia e as lacunas e imprecisões que a proposta contém, são as principais razões que nos conduzem a votar 'CONTRA' a proposta de Orçamento e Opções do Plano da Câmara Municipal para 2019", justificou a CDU na declaração de voto apresentada na sessão da Assembleia Municipal.
Para o presidente da Câmara de Castro Verde, o chumbo do orçamento por parte da CDU é "mau e negativo" para o concelho de Castro Verde, sublinhando o edil que ao votar contra este orçamento "a CDU vota contra intervenções como a requalifcação da escola secundária, a construção e requalificação das estradas para Santa Bárbara de Padrões e para a mina de Neves-Corvo, a melhoria e as obras de intervenção na rede de águas, a construção da Zona de Actividades Económicas de Castro Verde ou a requalificação do pavilhão gimnodesportivo".
"É preciso que as pessoas reconheçam nesta atitude uma atitude de negação de um partido político que ainda não compreendeu o resultado das eleições [Autárquicas de 2017] e que está a tornar-se uma oposição mais ao concelho de Castro Verde no seu todo do que propriamente ao PS. E isso não posso deixar de lamentar", acrescentou António José Brito no final da sessão da Assembleia Municipal.
O autarca do PS assinalou ainda que o Orçamento e GOP apresentados contempla grande parte das próprias propostas que a própria CDU apresentou. "Isto é revelador de uma imensa contradição que é absolutamente incompreensível. A CDU primeiro propõe um conjunto de intervenções a realizar no concelho de Castro Verde e depois vota contra elas", criticou.
Consumado o chumbo, o executivo da autarquia terá de apresentar novo orçamento em sessão de Câmara e depois em sessão da Assembleia Municipal. Mas António José Brito deixou uma garantia:
"Da nossa parte, este documento foi construído com grande sentido de responsabilidade e com grande realismo e, portanto, as traves-mestras e o seu sentido muito dificilmente se alterará".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 21/05/2019
Almodôvar tem
nova presidente
Susana Rocha é a nova presidente do Desportivo de Almodôvar, sucedendo no cargo ao presidente interino José Francisco Encarnação, que assumiu funções após a saída de Tiago Sousa.
07h00 - segunda, 20/05/2019
Mineiro Aljustrelense
recebeu faixas de campeão
e fez festa com goleada
Foi um domingo de festa em Aljustrel, com o Mineiro a receber as faixas e a taça de campeão distrital e a brindar o Piense com uma goleada à "moda antiga" na 21ª jornada do campeonato distrital da 1ª divisão.
07h00 - quinta, 16/05/2019
Carlos Sequeira
campeão europeu
Carlos Sequeira, atleta da Associação de Jiujitsu Brasileiro de Castro Verde, acaba de garantir mais duas medalhas de ouro, conquistadas no início de Maio no Campeonato Europeu de Masters de Jiujitsu.
07h00 - segunda, 13/05/2019
Milfontes e FC Serpa
apurados para a final da
Taça do Distrito de Beja
As equipas do Milfontes e do FC Serpa apuraram-se neste domingo, 12 de Maio, para a final da Taça do Distrito de Beja de 2018-2019, agendada para o próximo dia 2 de Junho.
09h00 - domingo, 12/05/2019
Meias-finais da Taça
do Distrito de Beja
Mineiro Aljustrelense, Milfontes, Almodôvar e FC Serpa: estas quatro equipas vão tentar carimbar na tarde deste domingo, 12 de Maio, o "passaporte" para a final da Taça do Distrito de Beja de 2018-2019.

Data: 17/05/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial