07h00 - quinta, 15/11/2018

Futuro do regadio debatido em Montes Velhos

Futuro do regadio debatido em Montes Velhos

São João de Negrilhos, no concelho de Aljustrel, recebe nesta quinta e sexta-feira, dias 15 e 16 de Novembro, uma série de iniciativas no âmbito das XI Jornadas Fenareg-Encontro Regadio 2018, integradas nas comemorações dos 50 anos do Roxo.
O encontro é promovido em parceria pela Associação de Beneficiários do Roxo (ABR) e pela Federação Nacional de Regantes de Portugal (Fenareg), com o apoio da Câmara de Aljustrel e da Junta de Freguesia de São João de Negrilhos, e servirão para fazer o balanço de meio século de regadio nesta zona, assim como lançar a discussão em torno do futuro do sector.
A iniciativa arranca nesta quinta-feira, 15, no Centro Sócio-cultural de São João de Negrilhos, sendo que na sessão de abertura, agendada para as 10h00, vão estar Nelson Brito (presidente da Câmara de Aljustrel), António Parreira (presidente da ABR) e José Núncio (presidente da Fenareg).
Depois, pelas 10h30, terá lugar uma sessão técnica para as associações de regantes apresentarem o trabalho que estão a desenvolver, enquanto pelas 11h45 vai decorrer a palestra "Modelo de Governança do Regadio: Gestão do regadio público na área de influência do EFMA", onde será apresentado o estudo promovido pela Fenareg e pela Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo, visando a construção de propostas fundamentadas de modelos para a gestão futura do regadio público na área de influência de Alqueva.
Após o almoço, a partir das 15h00, a Fenareg irá dar a conhecer o seu contributo para o desenvolvimento de uma estratégia nacional para o regadio em 2050, numa sessão que contará com os comentários, entre outros, de Eduardo Oliveira e Sousa (presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal) e dos deputados Pedro do Carmo (PS), Patrícia Fonseca (CDS-PP), Nuno Serra (PSD) e João Dias (PCP).
Para as 18h00 está prevista a sessão de encerramento e, pelas 20h00, um jantar, onde irá intervir Campeã da Mota, director dos Serviços do Regadio da DGADR, que irá falar sobre a evolução das obras de regadio público em Portugal, com uma atenção especial aos 50 anos do Roxo.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 22/02/2019
Somincor com lucro de 75,3 milhões em 2018
A Somincor-Sociedade Mineira de Neves-Corvo terminou 2018 com vendas na ordem dos 357 milhões de euros e um lucro bruto de 75,3 milhões de euros, naquele que foi o melhor resultado da empresa nos últimos quatro anos.
07h00 - quinta, 21/02/2019
Presidente da Almina:
"Vamos investir 25 milhões em 2019"
O presidente da administração da Almina faz um balanço positivo do ano de 2018, ainda que a empresa não tenha conseguido alcançar os resultados previstos.
07h00 - quarta, 20/02/2019
Ingleses podem investir na fábrica solar de Moura
Uma empresa inglesa da área de produção de componentes na área da energia está interessada na MFS-Moura Fábrica Solar, que fechou recentemente, depois de contactos com o deputado do PS, Pedro do Carmo, e o presidente da Câmara de Moura, Álvaro Azedo.
07h00 - terça, 19/02/2019
15 farmácias de Beja
em risco de encerramento
Um total de 15 farmácias do distrito de Beja encontra-se em risco de encerramento, sendo que sete enfrentam processos de insolvência e oito apresentam processos de penhora, revela fonte da Associação Nacional de Farmácias (ANF).
07h00 - segunda, 11/02/2019
Empresa Epiroc vai
instalar-se em Aljustrel
A empresa Epiroc, ligada à multinacional sueca Atlas Copco, que opera na área da actividade mineira, celebrou com a Câmara de Aljustrel um contrato de compra e venda para a aquisição de um lote com cerca de 10 mil m² na área empresarial de Aljustrel.

Data: 22/02/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial