07h00 - sexta, 21/09/2018

Preço da água sem aumentos no Roxo

Preço da água sem aumentos no Roxo

A seca sentida na região em 2017 e início de 2018 levou a maiores aduções do Alqueva ao Roxo, sem que tal se tenha reflectido no preço cobrado pela Associação de Beneficiários do Roxo (ABR) aos regantes pelo fornecimento de água. Uma situação que só foi possível devido ao facto de a ABR ter antecipado esse cenário e criado, há quatro anos, o Fundo de Estabilização Tarifária (FET).
Segundo explica António Parreira, "a água gravítica no Roxo custa aos agricultores 2,6 cêntimos por m3", valor a que se teria de acrescer o valor pago pela ABR à EDIA pela água do Alqueva (2,4 cêntimos por m3). Contudo, com a criação do FET, a água do Roxo passou a custar 3,07 cêntimos/ m3 aos regantes, o que possibilitou à associação ter uma reserva financeira para agora compensar o aumento dos custos da água sem sobrecarregar os agricultores.
"Já tínhamos reservado algumas verbas para isso e foi possível financiar os agricultores. Aumentámos o preço da água de 2,6 cêntimos para 3,07 cêntimos/ m3, o que não causou grande mossa aos agricultores. Mas se não tivéssemos previsto isto, teríamos agora que aumentar muito o preço e isso era impossível para as culturas", sublinha António Parreira.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 22/02/2019
Somincor com lucro de 75,3 milhões em 2018
A Somincor-Sociedade Mineira de Neves-Corvo terminou 2018 com vendas na ordem dos 357 milhões de euros e um lucro bruto de 75,3 milhões de euros, naquele que foi o melhor resultado da empresa nos últimos quatro anos.
07h00 - quinta, 21/02/2019
Presidente da Almina:
"Vamos investir 25 milhões em 2019"
O presidente da administração da Almina faz um balanço positivo do ano de 2018, ainda que a empresa não tenha conseguido alcançar os resultados previstos.
07h00 - quarta, 20/02/2019
Ingleses podem investir na fábrica solar de Moura
Uma empresa inglesa da área de produção de componentes na área da energia está interessada na MFS-Moura Fábrica Solar, que fechou recentemente, depois de contactos com o deputado do PS, Pedro do Carmo, e o presidente da Câmara de Moura, Álvaro Azedo.
07h00 - terça, 19/02/2019
15 farmácias de Beja
em risco de encerramento
Um total de 15 farmácias do distrito de Beja encontra-se em risco de encerramento, sendo que sete enfrentam processos de insolvência e oito apresentam processos de penhora, revela fonte da Associação Nacional de Farmácias (ANF).
07h00 - segunda, 11/02/2019
Empresa Epiroc vai
instalar-se em Aljustrel
A empresa Epiroc, ligada à multinacional sueca Atlas Copco, que opera na área da actividade mineira, celebrou com a Câmara de Aljustrel um contrato de compra e venda para a aquisição de um lote com cerca de 10 mil m² na área empresarial de Aljustrel.

Data: 22/02/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial