07h00 - sexta, 21/09/2018

Preço da água sem aumentos no Roxo

Preço da água sem aumentos no Roxo

A seca sentida na região em 2017 e início de 2018 levou a maiores aduções do Alqueva ao Roxo, sem que tal se tenha reflectido no preço cobrado pela Associação de Beneficiários do Roxo (ABR) aos regantes pelo fornecimento de água. Uma situação que só foi possível devido ao facto de a ABR ter antecipado esse cenário e criado, há quatro anos, o Fundo de Estabilização Tarifária (FET).
Segundo explica António Parreira, "a água gravítica no Roxo custa aos agricultores 2,6 cêntimos por m3", valor a que se teria de acrescer o valor pago pela ABR à EDIA pela água do Alqueva (2,4 cêntimos por m3). Contudo, com a criação do FET, a água do Roxo passou a custar 3,07 cêntimos/ m3 aos regantes, o que possibilitou à associação ter uma reserva financeira para agora compensar o aumento dos custos da água sem sobrecarregar os agricultores.
"Já tínhamos reservado algumas verbas para isso e foi possível financiar os agricultores. Aumentámos o preço da água de 2,6 cêntimos para 3,07 cêntimos/ m3, o que não causou grande mossa aos agricultores. Mas se não tivéssemos previsto isto, teríamos agora que aumentar muito o preço e isso era impossível para as culturas", sublinha António Parreira.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 21/06/2019
Agricultores pedem
medidas de combate à seca
A situação de seca extrema que o Baixo Alentejo enfrente actualmente leva a Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) a pedir ao Governo medidas de apoio para mitigar os prejuízos causados.
07h00 - terça, 21/05/2019
Governo visita projectos
apoiados por fundos europeus
A secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Maria do Céu Albuquerque, vai estar nesta terça-feira, 21 de Maio, na região do Alentejo, onde irá visitar vários projectos apoiados por fundos europeus.
07h00 - sexta, 17/05/2019
Fontes Bárbaras
tem nova adega
Mais espaço e maior capacidade para trabalhar na qualidade: são estas as principais mais-valias da nova adega da Herdade das Fontes Bárbaras, na freguesia de Entradas (Castro Verde).
07h00 - quarta, 08/05/2019
"Quanta" casa se
compra no distrito?
Fazendo contas ao rendimento médio anual de uma família em cada um dos 14 concelhos do distrito, é em Castro Verde que se consegue adquirir a maior casa em área caso se recorra a um empréstimo bancário com a duração de 40 anos e tenha os 20% necessários para a entrada.
07h00 - terça, 07/05/2019
Competitividade
e inovação em Beja
O IAPMEI-Agência para a Competitividade e Inovação promove nesta terça-feira, 7, em Beja, a sexta edição dos "Encontros para a Competitividade e Inovação", que contará com a presença do secretário de Estado da Economia, João Correia Neves.

Data: 14/06/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial