07h00 - segunda, 27/08/2018

Odemira vai ter
Espaço Empresa

Odemira vai ter Espaço Empresa

Os empresários e empreendedores do concelho de Odemira poderão vir a contar com um Espaço Empresa, a funcionar nas instalações da Câmara Municipal e ligado a vários serviços públicos. Uma possibilidade que o ministro da Economia também já assumiu publicamente.
"Podem contar connosco para trazer o Espaço Empresa para aqui", disse Manuel Caldeira Cabral em discurso directo numa recente passagem pelo concelho, lembrando que hoje em dia "são as câmaras que estão na linha da frente do apoio à economia", através de "iniciativas de facilitação da vida das empresas".
"E o trabalho que esta Câmara [de Odemira] tem feito com as empresas e com os empreendedores, a fixar cá as pessoas e os negócios, é um trabalho que merece ser reconhecido", acrescentou o governante.
Para o presidente da Câmara de Odemira, a abertura de um Espaço Empresa, que funcionará em articulação com o IAPMEI, será uma boa notícia para o concelho e para os empresários locais.
"O empresário vai ficar com acesso permanente e directo a uma série de informações sobre como criar as suas oportunidades de emprego e investimento ou que legislação é que está directamente afecta a cada uma dessas áreas. E vai poder logo tratar de toda a criação da empresa e de tudo o que lhe está associado", observa José Alberto Guerreiro.
"É sempre importante que o Estado esteja presente e a abertura de um Espaço Empresa em Odemira é importante", complementa o vice-presidente da autarquia, acrescentando que a criação deste novo espaço "demonstra bem aquilo que é a evolução do negócio em Odemira".
"Odemira está a crescer em número de empresas, está a crescer em termos de novas iniciativas e é o concelho do país que no último ano mais cresceu em termos percentuais em termos de exportações. Portanto, com este crescimento e desenvolvimento é natural que o Estado queira estar mais presente em Odemira e que tenha esta iniciativa de criar o Espaço Empresa", conclui Ricardo Cardoso.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 22/02/2019
Somincor com lucro de 75,3 milhões em 2018
A Somincor-Sociedade Mineira de Neves-Corvo terminou 2018 com vendas na ordem dos 357 milhões de euros e um lucro bruto de 75,3 milhões de euros, naquele que foi o melhor resultado da empresa nos últimos quatro anos.
07h00 - quinta, 21/02/2019
Presidente da Almina:
"Vamos investir 25 milhões em 2019"
O presidente da administração da Almina faz um balanço positivo do ano de 2018, ainda que a empresa não tenha conseguido alcançar os resultados previstos.
07h00 - quarta, 20/02/2019
Ingleses podem investir na fábrica solar de Moura
Uma empresa inglesa da área de produção de componentes na área da energia está interessada na MFS-Moura Fábrica Solar, que fechou recentemente, depois de contactos com o deputado do PS, Pedro do Carmo, e o presidente da Câmara de Moura, Álvaro Azedo.
07h00 - terça, 19/02/2019
15 farmácias de Beja
em risco de encerramento
Um total de 15 farmácias do distrito de Beja encontra-se em risco de encerramento, sendo que sete enfrentam processos de insolvência e oito apresentam processos de penhora, revela fonte da Associação Nacional de Farmácias (ANF).
07h00 - segunda, 11/02/2019
Empresa Epiroc vai
instalar-se em Aljustrel
A empresa Epiroc, ligada à multinacional sueca Atlas Copco, que opera na área da actividade mineira, celebrou com a Câmara de Aljustrel um contrato de compra e venda para a aquisição de um lote com cerca de 10 mil m² na área empresarial de Aljustrel.

Data: 22/02/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial