07h00 - sexta, 13/07/2018

Somincor vai fazer estudo
sobre o seu impacto na região

Somincor vai fazer estudo sobre o seu impacto na região

A Somincor, empresa concessionária da mina de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde, vai realizar dois estudos integrados com o objectivo de "melhor compreender as comunidades e os parceiros" da região onde opera. Nesse sentido, o Inquérito de Percepção e o Estudo de Impacto Sócio-económico serão realizados, "de forma independente", por um conjunto de especialistas da Universidade de Lisboa nos cinco concelhos onde a mina tem "influência": Castro Verde, Almodôvar, Aljustrel, Ourique e Mértola.
"Pretendemos estabelecer um perfil psico-social que nos permita saber quais as expectativas das comunidades em relação à empresa, como são percepcionados os seus impactos, qual a percepção das pessoas acerca da operação de Neves-Corvo e quais os efeitos da sua presença nas pessoas e na economia da região", explica ao "CA" o administrador-delegado da empresa.
Segundo Kenneth Norris, os dois estudos ajudarão também "a identificar os actuais impactos sócio-económicos, sejam positivos ou negativos, e a melhorar a forma como a Somicor cria e estabelece relações na região".
Os dados para a realização dos dois estudos serão recolhidos até ao final deste mês de Julho, sendo que no caso do Inquérito de Percepção serão realizadas 400 visitas aleatórias porta-a-porta na área de influência de Neves-Corvo.
Por sua vez, o Estudo de Impacto Sócio-económico será realizado com dados de fontes oficiais e entrevistas a representantes de municípios, aldeias adjacentes à mina de Neves-Corvo e outras entidades relevantes do Alentejo.
"Avançar com a realização destes estudos integrados é também o nosso sinal de transparência e vontade de construir uma comunicação aberta e bi-direccional com as comunidades, com espaço para ouvirmos percepções e preocupações sobre a nossa operação e os nossos impactos", acrescenta o administrador-delegado da Somincor.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
10h13 - quinta, 18/04/2019
Novo equipamento de TAC no hospital de Beja
O novo equipamento de TAC (Tomografia Axial Computorizada) do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, entrou em funcionamento nesta quinta-feira, 18 de Abril, representando um investimento de cerca de 1,2 milhões de euros.
07h00 - quinta, 18/04/2019
Cidade de Beja celebra
Dia dos Monumentos
A Câmara de Beja assinala nesta quinta-feira, 18 de Abril, o Dia dos Monumentos e Sítios com duas iniciativas no Moinho Grande, situado a poucos quilómetros da entrada da cidade por Ferreira do Alentejo.
07h00 - quinta, 18/04/2019
Escolas de Odemira
lideram na reciclagem
As escolas Básicas 2,3 Damião de Odemira (Odemira) e Básica nº1 de Sabóia lideram o ranking distrital finda a primeira fase da 11ª edição da "Geração Depositrão", iniciativa ambiental que visa a recolha de pilhas e de equipamentos eléctricos e electrónicos em fim de vida.
07h00 - quarta, 17/04/2019
Junta de Mértola
ensina a ler rótulos
A Casa das Artes Mário Elias, na vila de Mértola, recebe nesta quarta-feira, 17 de Abril, a partir das 21h00, a sessão "Como ler rótulos", promovida pela Junta de Freguesia local.
07h00 - quarta, 17/04/2019
CIMBAL aprova moção
sobre Notre Dame
A Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) aprovou na segunda-feira, 15, por unanimidade, uma moção onde manifesta "a sua profunda solidariedade" com França devido ao incêndio na catedral de Notre Dame, em Paris.

Data: 19/04/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial