07h00 - quarta, 13/06/2018

Castro: CDU contesta cortes,
PS critica "herança" da CDU

Castro: CDU contesta cortes, PS critica "herança" da CDU

O ajustamento dos protocolos de cooperação que a Câmara de Castro Verde mantém com as juntas de freguesia do concelho, aprovado na passada semana, é contestado pela CDU, que por sua vez é "alvo" de duras críticas por parte do Partido Socialista.
Para os comunistas, a decisão do executivo municipal "contraria as promessas eleitorais do PS" e "os compromissos assumidos" pelo presidente da Câmara no início do mandato, tratando-se "de uma manifesta vontade de asfixiar a autonomia e a capacidade de realização das juntas de freguesia rurais", "todas de maioria CDU".
"A CDU Castro Verde rejeita o argumento que esta opção política seja fruto da 'herança' que a CDU deixou, ou da actual situação financeira da Câmara Municipal. A CDU geriu a Câmara no último mandato com, sensivelmente, as mesmas receitas que o PS tem hoje à sua disposição e nunca optou por penalizar as juntas de freguesia nas transferências para investimento", argumenta.
Por seu lado, a Concelhia de Castro Verde do PS veio a público lamentar que, "depois de conduzir a Câmara Municipal de Castro Verde ao mau estado financeiro que tem neste momento", o vereador Francisco Duarte e a CDU "ainda tenham a ousadia de acusar o executivo do PS de falta de 'engenho e criatividade' na gestão da autarquia".
"Ou seja, para a CDU tudo devia continuar como sempre foi e o executivo do PS devia ter 'engenho e criatividade' para continuar a permitir o agravamento da situação financeira da Câmara Municipal. Temos de dizê-lo com clareza: é preciso muita falta de responsabilidade para pensar assim", frisa o PS de Castro Verde em comunicado enviado ao "CA", lembrando que no final de 2017 a autarquia apresentava uma dívida a fornecedores "superior a um milhão de euros".
"Depois de nove anos a gerir a Câmara e de a levar ao estado em que está na área financeira, o vereador Francisco Duarte e a CDU entendem que o executivo do PS deveria continuar a 'assobiar para o lado' e, lamentavelmente, querem enganar os castrenses, tentando passar a ideia que nada têm a ver com o grave problema que criaram no concelho", acrescentam os socialistas, concluindo: "Na verdade, só há dois responsáveis pela situação que a Câmara Municipal de Castro Verde está a passar: Francisco Duarte e a CDU".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 10/12/2018
Voluntariado vale
prémio à CM Beja
O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) atribuiu, no final da passada semana, o prémio "Boas Práticas de Voluntariado Jovem" à Câmara de Beja, em cerimónia realizada em Campo Maior.
07h00 - segunda, 10/12/2018
CM Aljustrel premiada
pela "Rota da Floresta"
A Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) atribuiu à Câmara de Aljustrel uma menção honrosa pela sua participação na actividade "Rota pela Floresta", prémio que será entregue numa cerimónia em Lagoa no próximo mês de Janeiro.
07h00 - domingo, 09/12/2018
Programa "365 Alentejo"
com candidaturas abertas
A Turismo do Alentejo, em parceria com a Agência Regional de Promoção Turística e o Turismo de Portugal, tem abertas até final do ano as candidaturas para a segunda edição do programa "365 Alentejo-Ribatejo", que visa a construção e promoção de um calendário anual de eventos "consistente e coerente".
13h29 - sexta, 07/12/2018
Detido por tráfico de pessoas no Baixo Alentejo
A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 40 anos por suspeitas da prática do crime de tráfico de pessoas, anunciou no final da passada semana fonte oficial desta força policial.
07h00 - sexta, 07/12/2018
"Espírito" de Natal
no distrito de Beja
O "espírito de Natal" já chegou ao Baixo Alentejo e até ao final do ano são muitas as actividades programadas pelas autarquias para assinalar a quadra festiva, proporcionar momentos de animação e apelar ao consumo no comércio tradicional local.

Data: 07/12/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial