07h00 - quinta, 17/05/2018

Prospecção de petróleo na costa vai avançar

Prospecção de petróleo na costa vai avançar

O consórcio formado pelas petrolíferas ENI (Itália) e GALP (Portugal) deverá avançar com os trabalhos de prospecção de petróleo ao largo da costa alentejana no próximo mês de Setembro, depois de ter sido dispensado de apresentar uma avaliação de impacto ambiental (AIA) pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA).
A decisão da APA foi anunciada nesta quarta-feira, 16, com a instituição a sustentar que, após ter consultado nove entidades públicas, concluiu-se "não existirem impactos negativos significativos" com a operação. Uma posição reiterada pelo Governo e que já motivou diversas críticas por parte de autarcas e empresários locais e associações ambientalistas.
Os trabalhos de pesquisa de petróleo ao largo do Alentejo Litoral deverão assim decorrer entre os meses de Setembro e Outubro, durante 46 dias. A base logística da operação estará montada em Sines.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 15/11/2018
Futuro do regadio debatido em Montes Velhos
São João de Negrilhos, no concelho de Aljustrel, recebe nesta quinta e sexta-feira, dias 15 e 16 de Novembro, uma série de iniciativas no âmbito das XI Jornadas Fenareg-Encontro Regadio 2018, integradas nas comemorações dos 50 anos do Roxo.
07h00 - quarta, 14/11/2018
Economia Circular
debatida em Messejana
A vila de Messejana (Aljustrel) recebe nesta quarta-feira, 14, a segunda reunião plenária do Fórum Economia Circular do Alentejo, promovida pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA).
07h00 - sexta, 09/11/2018
LPN informada sobre o problema
Em declarações ao "CA", a bióloga Rita Alcazar, responsável pela Liga para a Protecção da Natureza (LPN) em Castro Verde, lembra que espécies como a raposa, saca-rabos ou corvos são "selvagens", logo sem qualquer controlo.
07h00 - segunda, 05/11/2018
Castro Verde promove
borrego do Campo Branco
A Câmara de Castro Verde, o agrupamento de produtores "Carnes do Campo Branco", três talhos e 15 restaurantes do concelho formalizam esta segunda-feira, 5, um protocolo de parceria para a promoção e comercialização de carne de borrego do Campo Branco.
07h00 - quarta, 31/10/2018
Campo Branco já pode exportar
borregos para a Arábia Saudita
Os 27 milhões de consumidores existentes na Arábia Saudita, maior potência económica do Golfo Pérsico e uma das principais do mundo, são o novo alvo dos produtores de ovinos e caprinos do Campo Branco.

Data: 09/11/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial