07h00 - quinta, 22/02/2018

CM Castro Verde
vai regularizar
vínculos precários

CM Castro Verde vai regularizar vínculos precários

Garantir a estabilidade "profissional e pessoal" dos colaboradores que tenham um vínculo de trabalho precário com a autarquia é o objectivo da Câmara de Castro Verde, que já está a avançar com o processo de regularização de trabalhadores com este tipo de vínculos contratual. O assunto foi discutido nesta quarta-feira, 21, numa reunião que juntou os trabalhadores abrangidos e o presidente da Câmara de Castro Verde, António José Brito.
Ao todo são os 12 os trabalhadores envolvidos no processo (um técnico superior, seis assistentes técnicos e cinco assistentes operacionais), que desempenham funções em diferentes sectores da Câmara Municipal e que serão enquadrados nos serviços municipais.
"O desenvolvimento deste processo garante estabilidade profissional e pessoal aos trabalhadores que até agora viviam na incerteza permanente sobre o prosseguimento das suas carreiras", sublinha o autarca castrense, garantindo que há trabalhadores que há mais de 20 anos "mantinham um vínculo precário e que agora, com esta medida, poderão ver a sua situação regularizada".
"Também para Câmara Municipal de Castro Verde, a consolidação da estabilidade dos diferentes serviços figura como fundamental na prestação de respostas cada vez mais ajustadas e eficientes às necessidades da população", acrescenta António José Brito.
O processo em curso na Câmara de Castro Verde decorre no âmbito do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública. Após a reunião mantida com os trabalhadores, a necessária alteração ao mapa de pessoal da autarquia será analisada e votada em reunião extraordinária da Câmara Municipal, na segunda-feira, 26, e da Assembleia Municipal, na quarta-feira, 28 de Fevereiro.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 21/03/2019
Deputado do PS defende agricultura alentejana na UE
O deputado do PS eleito por Beja defende a necessidade de haver respostas para os pequenos agricultores e para os territórios de baixa densidade, como o Baixo Alentejo, onde culturas e produções de pequena escala para o contexto europeu são de grande relevância local.
07h00 - quinta, 21/03/2019
Fórum Social na vila de Mértola
O cine-teatro Marques Duque, em Mértola, recebe nesta quinta-feira, 21, o Fórum Social do concelho, que juntará os parceiros da rede social e profissionais da área e dará a conhecer várias experiências de outras regiões do país na área.
07h00 - quinta, 21/03/2019
Teatro amador no
palco em Odemira
A peça "O perfume de Gardénia", do Grupo de Teatro do Mira, abre nesta quinta-feira, 21 de Março, mais uma edição do Festival de Teatro Amador de Odemira, promovido pela Câmara Municipal local para os grupos de teatro do concelho apresentarem as suas novas produções.
07h00 - quarta, 20/03/2019
Resialentejo chega a acordo
com empresa Lena Ambiente
A Lena Ambiente desistiu da acção judicial que a opunha, desde 2013, à Resialentejo, acordo aprovado na passada semana pela administração da empresa intermunicipal que integra oito autarquias do Baixo Alentejo.
07h00 - quarta, 20/03/2019
Caminhada pela
Floresta em Aljustrel
A GNR promove nesta quarta-feira, pelas 10h00, em Aljustrel, a "Caminhada pela Floresta", iniciativa que conta com os apoios da Câmara Municipal, do Agrupamento de Escolas, dos Bombeiros Voluntários e da empresa Almina.

Data: 08/03/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial