07h00 - terça, 17/10/2017

Que esperam os castrenses
do novo presidente da Câmara?

Que esperam os castrenses do novo presidente da Câmara?

Na noite de 1 de Outubro de 2017 o mapa político de Castro Verde deu uma volta de 180 graus. Acostumados às vitórias consecutivas da CDU, no poder desde 1976, os castrenses assistiram a um triunfo histórico do PS, que conquistou a maioria na Câmara Municipal que era um "bastião" comunista. António José Brito, 47 anos, é agora o novo presidente da autarquia, tomando posse nesta terça-feira, 17, pelas 18h00. Depois seguem-se quatro anos de mandato, com a população a aguardar com expectativa pelo trabalho do primeiro socialista a mandar no Município.
"Espero que faça o trabalho que tem a fazer", assume um habitante da vila, que prefere não dar o nome para a reportagem do "CA". É ainda assim como muita gente que se encontra nas ruas, que em matéria de política local prefere não dizer o que pensa. Não é o caso de Maurícia Afonso, de 36 anos, que lança um desafio ao recém-eleito autarca castrense.
"Que mostre em que situação está o nosso concelho. E depois é preciso dar apoio aos jovens e aos idosos – sobretudo aos idosos, pois acho que a Acção Social está um pouco estagnada no nosso concelho", diz em conversa com o "CA" em pleno centro da vila.
Uma rua abaixo, de regresso das compras e abrigadas à sombra do sol de Outubro, estão três amigas. Nenhuma rejeita falar sobre o futuro de Castro Verde, onde têm vivido (quase) toda a vida. E além da rede de água, há outros problemas que gostariam de ver resolvidos.
"Que [os novos eleitos] arranjem trabalho para aqueles que possam trabalhar e que arranjem as casas que estão caídas e por arranjar – e com tanta gente com falta delas", dispara Maria Guerreiro, 77 anos. "A gente quer é ver o povo melhor", resume Maria Helena, 74 anos, logo interrompida por Cristiana Colaço, 72 anos, que acrescenta: "E que tenham saúde para governar bem".

Surpresa… para alguns!
António José Brito chega à presidência da Câmara Municipal de Castro Verde depois de uma vitória do PS que não deixou margem para dúvidas: os socialistas ganharam as eleições para a autarquia com 1.941 votos (50,86%), garantindo maioria absoluta. A CDU teve 1.618 votos (42,40%) e a coligação PSD/ CDS-PP apenas 98 (2,57%). Um resultado que acabou por não surpreender toda a gente e que permitiu uma mudança que muitos assumem que era desejada.
"Esperava que houvesse mudança e achei muito bom", admite sem complexos Maurícia Afonso. Já Henrique Franco, 83 anos e natural de Casével, pensa o contrário: "A CDU deixou o concelho que é um espelho. Não fiquei nada satisfeito".
Entre uma e outra opinião, as três amigas que regressam das compras ficam-se pela primeira. "Não fiquei muito surpreendida [com a vitória do PS]! Há 40 anos que vivíamos nisto e alguma vez isto tinha de mudar. Eu não queria ir lá para baixo [para o cemitério] sem ver uma mudança" na Câmara, diz mesmo Maria Guerreiro, ao que acrescenta a vizinha Maria Helena: "Ouvia-se tanta coisa, que já se esperava uma coisa destas".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 27/04/2018
Castro Verde recebe
exposição "Imagin'Art"
O Fórum Municipal de Castro Verde recebe a partir desta sexta-feira, 27 de Abril, a exposição "Imagin'art", concebida por utentes do Centro de Paralisia Cerebral de Beja (CPCB).
07h00 - sexta, 27/04/2018
Exposição em Aljustrel
nos 29 anos do NAVA
O Núcleo de Artes Visuais de Aljustrel (NAVA) inaugura nesta sexta-feira, 27, pelas 18h00, no Espaço Oficinas, em Aljustrel, a exposição colectiva de pintura, escultura e desenho "NAVA Convida".
07h00 - sexta, 27/04/2018
Mel, queijo e pão
à prova em Mértola
Os melhores sabores do concelho de Mértola vão estar à prova neste fim-de-semana, de 27 a 29 de Abril, na 20ª edição da Feira do Mel, Queijo e Pão.
07h00 - domingo, 22/04/2018
Biblioteca de Castro Verde
celebra 23º aniversário
A Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca, em Castro Verde, assinala este domingo, 22 de Abril, o seu 23º aniversário com diversas iniciativas ligadas aos livros e à leitura.
07h00 - sexta, 20/04/2018
Quinzena de artes
em Castro Verde
Da música acústica ao rock mais "eléctrico", do cante alentejano às palavras de Abril, dos livros aos produtos da terra, do teatro para bebés aos espectáculos de revista, são muitos os pontos de interesse de mais uma edição da "Primavera no Campo Branco", quinzena cultural que a Câmara de Castro Verde promove entre esta sexta-feira, 20 de Abril, e o dia da Mãe, a 6 de Maio.

Data: 20/04/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial