00h00 - terça, 08/08/2017

Produção de cereais não
diminui no Campo Branco

Produção de cereais não diminui no Campo Branco

A produção de cerais de Outono/Inverno na zona do Campo Branco, que abrange os concelhos de Castro Verde, Almodôvar, Ourique e parte de Aljustrel e Mértola, deve aumentar em 2017. Quem o garante é o presidente da Associação de Agricultores do Campo Branco (AACB), com sede em Castro Verde, apesar de ainda não ter dados mais concretos sobre a campanha deste ano.
"De qualquer maneira, em relação ao ano passado, pode ter havido uma diminuição em área semeada, mas a produção em si terá sido superior. Não tenho números sobre isso, mas sei que as produções este ano aqui na zona do Campo Branco foram relativamente superiores em relação ao ano passado", garante José da Luz Pereira.
Ainda assim, o presidente da AACB reconhece que "grande parte do cereal [de Outono/Inverno] que se produz hoje no Campo Branco é aveia e cevada".
"Trigo já muito pouco se semeia aqui na zona… E a aveia e cevada servem para forragens. De qualquer maneira, o que foi para grão teve números superiores de produção em relação ao ano passado", sublinha.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
17h24 - quinta, 18/01/2018
Neves-Corvo: Construções do projecto de expansão do zinco adiadas
A Somincor decidiu adiar as construções do projecto de expansão do zinco (ZEP) à superfície em Neves-Corvo até que se verifique "a estabilidade total da operação" na mina situada no concelho de Castro Verde, adiantou ao "CA" fonte oficial da empresa.
07h00 - terça, 16/01/2018
Trabalhadores da Somincor esperam nova proposta
Os trabalhadores da Somincor vão esperar que a administração da empresa apresente uma nova proposta para fazer face às suas reivindicações até ao próximo dia 29 de Janeiro.
00h00 - segunda, 15/01/2018
Crise em 26,8% das
farmácias de Beja
Um total de 26,8% das farmácias do distrito de Beja encontram-se em situação de penhora e insolvência, adianta ao "CA" fonte oficial da Associação Nacional de Farmácias (ANF).
00h00 - domingo, 14/01/2018
EMAS Beja com mudanças na estrutura
O conselho de administração da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja, presidido por Luís Miranda, aprovou esta semana alterações à macro-estrutura da instituição.
00h00 - sexta, 12/01/2018
EMAS Beja com situação financeira delicada
Logo após entrar em funções, a nova administração da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja teve de liquidar um empréstimo de curto-prazo no valor de 200 mil euros.

Data: 12/01/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial