07h00 - quarta, 02/08/2017

IPBeja avalia impacto do
Festival Sudoeste em Odemira

IPBeja avalia impacto do Festival Sudoeste em Odemira

O Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) vai realizar um estudo de impacte sócio-económico e cultural do Festival Meo Sudoeste no concelho de Odemira, cujos resultados serão divulgados em 2018.
O estudo é fruto de um acordo entre a instituição e a Câmara de Odemira e vai permitir avaliar o impacto evento no território de Odemira, que todos os anos recebe milhares de "festivaleiros" atraídos pelo festival.
Através do estudo "visa-se analisar a multidimensionalidade do impacte gerado por este evento no concelho de Odemira", sublinha fonte do IPBeja, acrescentando que este pretende igualmente "contribuir para dimensionar a importância dos efeitos multiplicadores do sector cultural nos territórios e nas comunidades que os acolhem".
A edição de 2017 do festival arranca esta quarta-feira, 2, sendo que no palco principal (Palco Meo) actuarão os The Chainsmokers, Mac Miller, Richie Campbell e Matias Damásio. Pelos restantes palcos do Meo Sudoeste vão passar na primeira noite Liga Knock Out, Piruka, Andrezo, Jêpê, Hype Mike, A-Gold, Cri$e, Plutónio e Calema.
DJ Snake, Marshmello, Two Door Cinema Club e Mishlawi são as propostas para a noite de quinta-feira, 3, no palco principal. Nesse mesmo dia actuam também no festival a Liga Knock Out, Malabá, Prof Jam, Leandro 300, Ptzgrilla, MGDRV e Isaura.
Na sexta-feira, 4, o Palco Meo recebe o DJ Martin Garrix e o rapper Lil'Wayne, além de Dua Lipa e Crystal Fighters. Nessa mesma noite, o Palco Moche X Spot acolhe a Curadoria Orelha Negra, com Kappa Jotta, Think Music, Supa Quad, Wet Bed gang, Bispo, DJ Stickup, DJ Big, Sensi e Karetus. E GROGNation e Valas actuam no Palco LG.
O Meo Sudoeste 2017 termina no sábado, 5, dia em que o destaque vai para os concertos de Afrojack, Jamiroquai, Dengaz e April Ivy. A noite de despedida do festival contará ainda com as actuações de Liga Knock Out, Saídos da Casca, Van Breda, Stereossauro, Dimitri Vangelis & Wyman, Sebastián Yatra e Mika Mendes.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 22/05/2018
ACT confirma
"repressão" na Somincor
A inspectora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) confirmou na passada semana, no Parlamento, que houve "repressão, assédio e violação dos direitos" dos trabalhadores da Somincor.
07h00 - quinta, 17/05/2018
Prospecção de petróleo na costa vai avançar
O consórcio formado pelas petrolíferas ENI (Itália) e GALP (Portugal) deverá avançar com os trabalhos de prospecção de petróleo ao largo da costa alentejana no próximo mês de Setembro, depois de ter sido dispensado de apresentar uma avaliação de impacto ambiental (AIA) pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA).
07h00 - terça, 15/05/2018
Espaço Empresa
inaugurado em Beja
A Câmara de Beja inaugura nesta terça-feira, 15, pelas 10h00, o seu novo "Espaço Empresa", numa cerimónia que contará com a presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.
07h00 - segunda, 14/05/2018
Somincor promove
sessões de esclarecimento
Apresentar a sua visão sobre a actividade e os novos projectos em marcha no seio da mina de Neves-Corvo são os principais objectivos das sessões de esclarecimento que a Somincor vai promover a partir desta segunda-feira, 14, nos cinco concelhos onde tem mais influência.
07h00 - quinta, 10/05/2018
"Ruralidade é segredo
da Feira de Garvão", diz
presidente da CM Ourique
Na véspera de arrancar mais uma edição da tradicional Feira de Garvão, o presidente da Câmara de Ourique, Marcelo Guerreiro, justifica ao "CA" o sucesso e a longevidade do certame com o facto deste manter intacta a sua "traça rural".

Data: 18/05/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial