07h00 - quinta, 27/07/2017

Câmara de Odemira avança
com valorização do rio Mira

Câmara de Odemira avança com valorização do rio Mira

A Câmara de Odemira pretende criar as condições para que o concelho tire partido do rio Mira nas suas diversas valências, desde a barragem de Santa Clara-a-Velha até à foz, em Vila Nova de Milfontes.
É esta a grande premissa do Plano Estratégico e Operacional de Valorização do Rio Mira, que a autarquia apresentou publicamente no fim-de-semana, durante mais uma edição da FACECO.
"No fundo queremos ter uma visão estratégica para a utilização desse recurso, que é absolutamente central na vida do concelho", explica ao "CA" o presidente da Câmara de Odemira. "Queremos valorizar todas as vertentes que um plano de água como o Mira nos oferece. E além da questão histórica e patrimonial, que queremos valorizar, temos também uma utilização lúdica que o rio proporciona, uma utilização para investigação e valorização ambiental e também, no lado económico, a valorização de alguns recursos piscatórios e da aquicultura", acrescenta José Alberto Guerreiro.
De acordo com o autarca, o plano estratégico que está a ser preparado irá permitir um conjunto de investimentos "de forma integrada, desde a foz até à barragem, passando obviamente por Odemira com a valorização das carreiras entre Vila Nova de Milfontes e Milfontes".
"E esse plano permitirá também fazer o enquadramento nas candidaturas a fundos comunitários, como por exemplo o Fundo Ambiental, o programa Valorizar, o Alentejo 2020 e outras oportunidades de investimento que venham a surgir para podermos concretizar este plano no horizonte de quatro anos", observa José Alberto Guerreiro.
O presidente da Câmara de Odemira sublinha ainda que o conjunto do investimento do plano estratégico, que deverá ser concretizado numa janela de quatro anos, "anda na ordem dos oito milhões de euros". "Mas obviamente que com o seu desenvolvimento iremos especificar melhor este valor, sendo que neste momento já estão em marcha alguns investimentos", conclui.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 22/05/2018
ACT confirma
"repressão" na Somincor
A inspectora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) confirmou na passada semana, no Parlamento, que houve "repressão, assédio e violação dos direitos" dos trabalhadores da Somincor.
07h00 - quinta, 17/05/2018
Prospecção de petróleo na costa vai avançar
O consórcio formado pelas petrolíferas ENI (Itália) e GALP (Portugal) deverá avançar com os trabalhos de prospecção de petróleo ao largo da costa alentejana no próximo mês de Setembro, depois de ter sido dispensado de apresentar uma avaliação de impacto ambiental (AIA) pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA).
07h00 - terça, 15/05/2018
Espaço Empresa
inaugurado em Beja
A Câmara de Beja inaugura nesta terça-feira, 15, pelas 10h00, o seu novo "Espaço Empresa", numa cerimónia que contará com a presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.
07h00 - segunda, 14/05/2018
Somincor promove
sessões de esclarecimento
Apresentar a sua visão sobre a actividade e os novos projectos em marcha no seio da mina de Neves-Corvo são os principais objectivos das sessões de esclarecimento que a Somincor vai promover a partir desta segunda-feira, 14, nos cinco concelhos onde tem mais influência.
07h00 - quinta, 10/05/2018
"Ruralidade é segredo
da Feira de Garvão", diz
presidente da CM Ourique
Na véspera de arrancar mais uma edição da tradicional Feira de Garvão, o presidente da Câmara de Ourique, Marcelo Guerreiro, justifica ao "CA" o sucesso e a longevidade do certame com o facto deste manter intacta a sua "traça rural".

Data: 18/05/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial