07h00 - quinta, 27/07/2017

Câmara de Odemira avança
com valorização do rio Mira

Câmara de Odemira avança com valorização do rio Mira

A Câmara de Odemira pretende criar as condições para que o concelho tire partido do rio Mira nas suas diversas valências, desde a barragem de Santa Clara-a-Velha até à foz, em Vila Nova de Milfontes.
É esta a grande premissa do Plano Estratégico e Operacional de Valorização do Rio Mira, que a autarquia apresentou publicamente no fim-de-semana, durante mais uma edição da FACECO.
"No fundo queremos ter uma visão estratégica para a utilização desse recurso, que é absolutamente central na vida do concelho", explica ao "CA" o presidente da Câmara de Odemira. "Queremos valorizar todas as vertentes que um plano de água como o Mira nos oferece. E além da questão histórica e patrimonial, que queremos valorizar, temos também uma utilização lúdica que o rio proporciona, uma utilização para investigação e valorização ambiental e também, no lado económico, a valorização de alguns recursos piscatórios e da aquicultura", acrescenta José Alberto Guerreiro.
De acordo com o autarca, o plano estratégico que está a ser preparado irá permitir um conjunto de investimentos "de forma integrada, desde a foz até à barragem, passando obviamente por Odemira com a valorização das carreiras entre Vila Nova de Milfontes e Milfontes".
"E esse plano permitirá também fazer o enquadramento nas candidaturas a fundos comunitários, como por exemplo o Fundo Ambiental, o programa Valorizar, o Alentejo 2020 e outras oportunidades de investimento que venham a surgir para podermos concretizar este plano no horizonte de quatro anos", observa José Alberto Guerreiro.
O presidente da Câmara de Odemira sublinha ainda que o conjunto do investimento do plano estratégico, que deverá ser concretizado numa janela de quatro anos, "anda na ordem dos oito milhões de euros". "Mas obviamente que com o seu desenvolvimento iremos especificar melhor este valor, sendo que neste momento já estão em marcha alguns investimentos", conclui.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - segunda, 14/08/2017
Alentejo com mais 5,7%
de novas empresas em 2017
Nos primeiros seis meses de 2017 foram criadas mais 5,7% de novas empresas na região do Alentejo em comparação com o mesmo período do ano anterior.
00h00 - terça, 08/08/2017
Produção de cereais não
diminui no Campo Branco
A produção de cerais de Outono/Inverno na zona do Campo Branco, que abrange os concelhos de Castro Verde, Almodôvar, Ourique e parte de Aljustrel e Mértola, deve aumentar em 2017.
00h00 - segunda, 07/08/2017
Câmara de Almodôvar também
recebe Derrama da Somincor
Depois de muitos anos de reivindicação, a Câmara de Almodôvar vai receber este ano parte da Derrama correspondente aos impostos pagos pela Somincor, que explora as minas de Neves-Corvo, em 2016.
00h00 - domingo, 06/08/2017
Adega da Vidigueira
conclui investimento
A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACV) tem praticamente concluída a obra do seu novo Centro de Análise e Pesagem (CAP), estrutura que já servirá para a recepção de uvas na vindima deste ano.
00h00 - sábado, 05/08/2017
Câmara de Odemira
premeia jovens empresárias
Tânia Neves está a criar uma loja online de produtos tradicionais e Lina Brissos já tem a funcionar o seu salão de cabeleireira móvel: dois projectos que fizeram destas mulheres as vencedoras da edição deste ano dos prémios "Espírito Empreendedor".

Data: 04/08/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial