07h01 - terça, 16/05/2017

Presidente do Castrense:
"Vamos ter equipa forte
no Campenato Nacional"

Presidente do Castrense: "Vamos ter equipa forte no Campenato Nacional"

Conquistada a "dobradinha" e com o "triplete" no horizonte (a Supertaça joga-se no domingo, 21, diante do Almodôvar), o FC Castrense já prepara o futuro, que passa novamente pelo Campeonato de Portugal. "Temos as coisas pensadas", assume o presidente do clube, Carlos Alberto Pereira, que deixa uma garantia a associados e adeptos: "Vamos ter uma equipa forte, mas dentro do que são os limites financeiros impostos por nós".

Conquistado o título distrital, há que preparar a participação no Campeonato de Portugal. Já estão a fazer esse "trabalho de casa"?
Do ponto de vista da estrutura financeira do clube, esse trabalho está feito. Quando assumimos uma candidatura ao título distrital é porque temos condições para participar no Nacional. No que toca a jogadores, treinador e restante equipa técnica, temos as coisas pensadas mas ainda não tratámos do que está projectado.

Em termos de plantel, é de esperar uma "revolução" na próxima época?
A minha ideia é manter a estrutura do plantel, aqueles elementos base que fizeram parte do 11. E depois quatro ou cinco reforços. Penso que será o suficiente para lutarmos pela permanência [no nacional]. É isso que vamos fazer, pois não vamos hipotecar a estrutura financeira do clube para termos uma equipa forte para não descer de divisão. Vamos ter uma equipa forte, mas dentro do que são os limites financeiros impostos por nós. E se algo correr mal em termos desportivos, a outra parte está sempre assegurada.

O técnico Carlos Machado é para continuar?
Penso que sim… Acho que é o homem cerro para o FC Castrense. É um treinador que é pela segunda vez campeão no nosso clube e gostamos muito do seu trabalho. É um excelente treinador e um ser humano como há poucos no futebol.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - segunda, 19/06/2017
BEI visita projectos
na zona do Alqueva
Alguns dos projectos que integram a candidatura de Portugal para o alargamento do perímetro de rega do Alqueva vão ser visitados durante esta semana por uma delegação do Banco Europeu de Investimento (BEI).
00h00 - domingo, 18/06/2017
Alentejo 2020 já aprovou
332 milhões em fundos europeus
O Programa Operacional Regional Alentejo 2020 já aprovou um total de 1159 candidaturas, o que representa um total de 332 milhões de euros de fundos europeus.
07h00 - terça, 13/06/2017
27% das farmácias do distrito em insolvência ou com penhora
De acordo com a Associação Nacional de Farmácias (ANF), cerca de 27% das farmácias do distrito de Beja encontra-se em situação de insolvência ou penhora.
00h00 - sexta, 09/06/2017
Operadores sem interesse no aeroporto de Beja
A falta de interesse dos operadores aéreos em utilizar o aeroporto de Beja tem feito com que a infra-estrutura esteja a ter "uma fase de arranque extremamente difícil".
00h00 - segunda, 05/06/2017
Adega da Vidigueira teve
"ano positivo" em 2016
O presidente da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACV) considera que 2016 "foi um ano positivo" para a instituição, apesar de uma quebra de produção de cerca de 8%.

Data: 23/06/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial