00h00 - segunda, 15/05/2017

PSD: Distrital critica Concelhia de Almodôvar

PSD: Distrital critica Concelhia de Almodôvar

A Distrital de Beja do PSD considera que Fernando Palma está "ferido de legitimidade" para continuar na presidência da Concelhia de Almodôvar dos sociais-democratas. Em causa está o facto de a concelhia laranja ter retirado o seu apoio à candidatura do PSD à Câmara de Almodôvar, encabeçada pelo ex-autarca António Sebastião, que em 2013 integrou o movimento independente após ter deixado o PSD.
Tal como o "CA" revelou na sua última edição, a 28 de Abril, o PSD de Almodôvar aprovou o seu afastamento da candidatura laranja por se sentir "usado e traído", sobretudo depois de a Distrital ter imposto Ricardo Colaço, actual vereador, como segundo nome da lista. Uma posição que merece a condenação do PSD de Beja, que em comunicado sublinha, sem rodeios, que "o presidente da Concelhia de Almodôvar, Fernando Palma, está ferido de legitimidade política para estar em funções".
A justificação vem logo a seguir: "Uma vez que depois de ter considerado que António Sebastião seria o melhor candidato para reconquistar a autarquia de Almodôvar, não foi capaz de conduzir o processo de modo a conseguir o consenso e integração de todas as parte, tornado necessária a intervenção da Distrital para concluir o procedimento", acrescenta o PSD de Beja no comunicado enviado ao "CA".
O documento acrescenta ainda que "deveria ser desencadeado um processo de legitimação da Comissão Política de Secção de Almodôvar". E assegura que caso o resultado do PSD em Almodôvar nas Autárquicas de 1 de Outubro "não seja o desejado", a Distrital "irá accionar os mecanismos que tem à sua disposição para atribuir as responsabilidades do 'afastamento' anunciado a uma candidatura assumida pelo partido".
Quererá tudo isto dizer que a Distrital de Beja pede, no imediato, a demissão de Fernando Palma? "O comunicado pode estar sujeito a interpretações e uma delas pode ser essa, de facto", responde João Guerreiro, para logo depois criticar o actual posicionamento do presidente da Concelhia de Almodôvar do PSD.
"Penso que a Concelhia devia ter continuado a apoiar o candidato [António Sebastião], uma vez que o apoiou num determinado momento e procurou essa solução. E depois deixou de apoiar o candidato inexplicavelmente", continua João Guerreiro.
Nesse sentido, o presidente da Distrital do PSD considera ser "natural" que militantes e simpatizantes questionem "por que é que isso aconteceu". E deixa mais um recado: "Temos de colocar o partido acima de qualquer questão pessoal".
Contactado pelo "CA", o presidente da Concelhia de Almodôvar do PSD, Fernando Palma, não quis tecer qualquer tipo de comentário sobre o assunto.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - segunda, 19/06/2017
BEI visita projectos
na zona do Alqueva
Alguns dos projectos que integram a candidatura de Portugal para o alargamento do perímetro de rega do Alqueva vão ser visitados durante esta semana por uma delegação do Banco Europeu de Investimento (BEI).
00h00 - domingo, 18/06/2017
Alentejo 2020 já aprovou
332 milhões em fundos europeus
O Programa Operacional Regional Alentejo 2020 já aprovou um total de 1159 candidaturas, o que representa um total de 332 milhões de euros de fundos europeus.
07h00 - terça, 13/06/2017
27% das farmácias do distrito em insolvência ou com penhora
De acordo com a Associação Nacional de Farmácias (ANF), cerca de 27% das farmácias do distrito de Beja encontra-se em situação de insolvência ou penhora.
00h00 - sexta, 09/06/2017
Operadores sem interesse no aeroporto de Beja
A falta de interesse dos operadores aéreos em utilizar o aeroporto de Beja tem feito com que a infra-estrutura esteja a ter "uma fase de arranque extremamente difícil".
00h00 - segunda, 05/06/2017
Adega da Vidigueira teve
"ano positivo" em 2016
O presidente da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACV) considera que 2016 "foi um ano positivo" para a instituição, apesar de uma quebra de produção de cerca de 8%.

Data: 23/06/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial