00h00 - sexta, 21/04/2017

PS de Castro
acusa CDU de
"incompetência"

PS de Castro acusa CDU de "incompetência"

O PS de Castro Verde acusa a CDU de "incompetência" e de ter uma acção de "verdadeiro desleixo" na gestão da Câmara Municipal local, ao não ter aproveitado os fundos comunitários para fazer as obras de reabilitação da Estrada Municipal 508 (entre Castro Verde e Santa Bárbara de Padrões) e do Caminho Municipal 1139 (entre Santa Bárbara de Padrões e A-do-Neves).
A intervenção, avaliada em quase 1,3 milhões euros, foi recentemente adjudicada e será a Câmara Municipal a suportar o seu custo na totalidade, o que o PS de Castro Verde critica.
Em comunicado os socialistas dizem apoiar a realização das obras, mas garantem que teriam "feito muito diferente" relativamente a uma intervenção prevista nas Grandes Opções do Plano da autarquia há já 15 anos.
"Não podemos deixar de denunciar a grande incompetência da gestão da CDU, que só agora avança com as empreitadas sem ter a possibilidade de obter apoio de fundos comunitários. Porquê? Porque desperdiçou esse apoio devido à sua grande incapacidade, não apresentando atempadamente qualquer candidatura. Agora, no actual quadro Portugal 2020, não há fundos comunitários para obras de requalificação de estradas", sustenta o PS.
"Que dizer desta gestão comunista que desperdiça fundos comunitários e, depois, para fazer as obras, contrai um empréstimo bancário de 900 mil euros, endividando a Câmara Municipal", dizem ainda os socialistas, argumentando que se a autarquia tivesse recorrido a fundos comunitários "teria um financiamento de 85% e, portanto, receberia cerca de 1,1 milhões de euros da União Europeia, ficando o investimento municipal na ordem dos 195 mil euros". "A incompetência e o desleixo da CDU estão à vista de todos", acrescentam.
Tudo isto leva o PS a desafiar o presidente da Câmara, Francisco Duarte, "a explicar publicamente porque, apesar de sempre ter anunciado e prometido estas intervenções, não requalificou as estradas quando podia recorrer a financiamento de fundos comunitários e, agora, aumentou a dívida da Câmara para fazer as obras".
"Será porque estamos em ano de eleições autárquicas?", questionam os socialistas, para logo concluir: "O PS e todos os castrenses exigem uma explicação para estes erros grosseiros de gestão e planeamento, de uma equipa da CDU que está completamente desgastada e que faz uma administração errada na Câmara Municipal, prejudicando o nosso concelho".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - domingo, 24/09/2017
António Costa em almoço
de campanha em Beja
O secretário-geral do PS (e primeiro-ministro) vai estar neste domingo, 24 de Setembro, na cidade de Beja, onde participará num almoço-comício da candidatura socialista nas Autárquicas 2017.
00h00 - sábado, 23/09/2017
Voto de louvor para
Bernardo Loff Barreto
A Assembleia Municipal de Beja aprovou, por proposta da CDU, um voto de louvor ao seu actual presidente, o médico Bernardo Loff Barreto, pelo desempenho do cargo ao longo de seis mandatos.
07h00 - sexta, 22/09/2017
CDS-PP quer crescer
no distrito de Beja
Crescer é o verbo que o CDS-PP quer conjugar no próximo dia 1 de Outubro no distrito de Beja, reforçando a sua votação nas eleições Autárquicas numa região onde a direita tem grandes dificuldades e o partido muito pouca representação.
07h00 - sexta, 22/09/2017
PS de Castro Verde apresenta
comissão de apoio e programa
São cerca de 70 as pessoas de todo o concelho que integram a comissão de apoio da candidatura do PS aos órgãos municipais e de freguesia de Castro Verde.
07h00 - quinta, 21/09/2017
Bloco de Esquerda admite
"geringonças" no distrito
As Autárquicas 2017 ocorrem num momento em que o país é gerido por um governo do PS, que tem o apoio do PCP e do Bloco de Esquerda (BE) e como a "geringonça" tem funcionado a nível nacional, o coordenador do Bloco de Esquerda (BE) no distrito admite replicá-la na região.

Data: 15/09/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial