00h00 - segunda, 17/04/2017

Bloco de Esquerda vai
ter candidato em Beja

Bloco de Esquerda vai ter candidato em Beja

O Bloco de Esquerda, que em 2013 apoiou e integrou a candidatura independente "Por Beja com todos", vai "estar na corrida à Câmara de Beja com um candidato próprio" nas eleições deste ano.
Por outro lado, o Movimento Independente "Por Beja com todos", que concorreu aos órgãos autárquicos do concelho pela primeira vez em 2013, "em princípio" não vai entrar na corrida eleitoral deste ano.
A garantia é de José Lopes Guerreiro, antigo militante e autarca comunista, que foi o candidato ao município pelo movimento, que conquistou a presidência da Junta de Freguesia de São Matias e dois lugares na Assembleia Municipal.
Como habitualmente, a Câmara de Beja, liderada pela CDU e que só esteve "nas mãos" dos socialistas entre 2009 e 2013, volta a ser alvo de forte disputa entre comunistas e PS nas autárquicas deste ano.
Para manter a liderança do município, é expectável que a CDU aposte na recandidatura do atual presidente, o 'histórico' autarca João Rocha. Já o PS escolheu o presidente da concelhia, Paulo Arsénio e o PSD optou também pelo presidente da concelhia de Beja, José Pinela Fernandes. O CDS-PP ainda não divulgou o candidato.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 21/09/2017
Franceses instalam
fábrica em Messejana
A empresa francesa Moustikit, que produz redes mosquiteiras para janelas e portas, vai avançar com um projecto industrial nas antigas instalações de uma fábrica de mobiliário na vila de Messejana, concelho de Aljustrel.
07h00 - quarta, 20/09/2017
ACOS cria serviço
para venda de ovinos
Ganhar escala, garantir a segurança comercial e a continuidade da ovinicultura, bem como contribuir para as exportações, são os principais objectivos do novo Serviço de Comercialização de Ovinos da ACOS.
07h00 - terça, 19/09/2017
Greve vai avançar nas
minas de Neves-Corvo
Está decidido: os trabalhadores das minas de Neves-Corvo vão fazer uma greve de quatro dias, entre as 6h00 de 3 de Outubro e as 6h00 de 7 de Outubro, para reivindicar "o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina" e pela "humanização dos horários de trabalho".
00h00 - domingo, 17/09/2017
Trabalhadores de Neves-Corvo reúnem em plenário
Os trabalhadores da mina de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde, reúnem neste domingo, 17 de Setembro, em plenário, depois do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) e a Somincor não terem ainda chegado a acordo sobre os novos horários a aplicar a quem trabalha no fundo da mina.
00h00 - sexta, 15/09/2017
Greve "à vista"
nas minas
de Neves-Corvo
Greve à vista em Neves-Corvo! A administração da Somincor e o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) voltaram a reunir esta quarta-feira, 13, mas continuam sem acordo sobre os novos horários de trabalho a implementar na mina do concelho de Castro Verde.

Data: 15/09/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial