00h00 - segunda, 03/04/2017

Hangar de manutenção
no aeroporto de Beja

Hangar de manutenção no aeroporto de Beja

A empresa portuguesa MESA – Maintenance & Engineering, liderada por Paulo Mirpuri, vai avançar com a construção de hangar de manutenção de aviões no aeroporto de Beja. O projecto deverá avançar até final do terceiro trimestre deste ano e permitirá a prestação de serviços de manutenção, em simultâneo, a um avião Airbus 340-500 (que tem mais de 67 metros de comprimento e autonomia para voar 16.600 kms) e a mais duas ou quatro aeronaves de dimensão reduzida.
De acordo com o presidente da MESA, este investimento vai nascer em Beja porque o aeroporto baixo-alentejano tem uma localização privilegiada para efectuar as chamadas "manutenções pesadas" (denominadas 'c-checks' na gíria aeronáutica), que implicam a paragem dos aviões por vários dias.
"O aeroporto de Beja é um local privilegiado para realizar este tipo de tarefa de manutenção. Os 'c-checks' são muito extensos e requerem que todos os sistemas e componentes individuais sejam verificados quanto à capacidade de manutenção e funcionamento. Isto implica que a aeronave tem que ficar parada por alguns dias. E essa permanência é mais facilmente gerível em Beja do que em outros aeroportos movimentados", explica Paulo Mirpuri.
O novo hangar em Beja vai nascer depois da MESA de ter alargado os seus serviços de manutenção de linha para o aeroporto no primeiro semestre de 2016. Com sede no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, a companhia possui várias estações de manutenção em todo o mundo, destinadas a suportar temporariamente a necessidade do cliente de serviços de manutenção num local específico.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 21/09/2017
Franceses instalam
fábrica em Messejana
A empresa francesa Moustikit, que produz redes mosquiteiras para janelas e portas, vai avançar com um projecto industrial nas antigas instalações de uma fábrica de mobiliário na vila de Messejana, concelho de Aljustrel.
07h00 - quarta, 20/09/2017
ACOS cria serviço
para venda de ovinos
Ganhar escala, garantir a segurança comercial e a continuidade da ovinicultura, bem como contribuir para as exportações, são os principais objectivos do novo Serviço de Comercialização de Ovinos da ACOS.
07h00 - terça, 19/09/2017
Greve vai avançar nas
minas de Neves-Corvo
Está decidido: os trabalhadores das minas de Neves-Corvo vão fazer uma greve de quatro dias, entre as 6h00 de 3 de Outubro e as 6h00 de 7 de Outubro, para reivindicar "o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina" e pela "humanização dos horários de trabalho".
00h00 - domingo, 17/09/2017
Trabalhadores de Neves-Corvo reúnem em plenário
Os trabalhadores da mina de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde, reúnem neste domingo, 17 de Setembro, em plenário, depois do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) e a Somincor não terem ainda chegado a acordo sobre os novos horários a aplicar a quem trabalha no fundo da mina.
00h00 - sexta, 15/09/2017
Greve "à vista"
nas minas
de Neves-Corvo
Greve à vista em Neves-Corvo! A administração da Somincor e o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) voltaram a reunir esta quarta-feira, 13, mas continuam sem acordo sobre os novos horários de trabalho a implementar na mina do concelho de Castro Verde.

Data: 15/09/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial