01h00 - quinta, 09/03/2017

PS indignado com nomeação
de nova administradora do PCP
na empresa Águas do Alentejo

PS indignado com nomeação de nova administradora do PCP na empresa Águas do Alentejo

"Indignação e discordância" – A Federação do PS do Baixo Alentejo está contra e não aceita o processo de reorganização dos corpos sociais da Associação de Municípios para a Gestão da Água Pública (AMGAP) que, segundo acusam, foi "apresentada e imposta pela maioria de municípios da CDU" que integram esta associação.
Segundo apurou o "CA", em causa está "a criação de um novo lugar de administrador-executivo remunerado", que a maioria dos autarcas da CDU aprovou, com "a apresentação de um nome candidato e a distribuição do respectivo currículo para o preencher". Diversas fontes asseguraram ao "CA" que esse novo administrador, indicado pelos autarcas da CDU para a administração, é Susana Sobral Ramalho, antiga gestora da RESIALENTEJO e, antes disso, da ARECBA.
Segundo os autarcas socialistas, que votaram contra a alteração dos corpos sociais, a escolha da nova administradora implica, com salários e custos associados, "encargos anuais superiores a 200 mil euros". Um quadro com que não concordam, alertando que, neste momento, "não há necessidade de mais nenhum administrador-executivo, pois não há falhas executivas" na empresa Água Públicas do Alentejo (AgDA).
"O custo elevado que terá esta opção leva a encarecer a tarifa, e por conseguinte, a fazer com que o consumidor tenha que pagar mais" na factura da água, garante o PS do Baixo Alentejo, vincando também que, "a apenas sete meses de eleições autárquicas, onde alguns dos actores [eleitos] mudarão", não devem ser "tomar medidas que condicionem as gestões futuras, dado que o mandato desta administração durará três anos".
O PS termina a sua posição sobre a matéria advertindo que "os baixo-alentejanos não têm de pagar um novo administrador por motivações político-partidárias" e que é, criticam, "uma opção puramente por favor partidário".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 26/07/2017
Almodôvar: BE contra
privatização da água
O Núcleo do Bloco de Esquerda (BE) de Almodôvar contesta a gestão privada do abastecimento de água, sublinhando que a ameaça de falta de água no concelho acaba por ser o "prémio" para os almodovarenses.
11h00 - terça, 25/07/2017
"Noites em Santiago"
arrancam em Entradas
A vila de Entradas vai estar em festa ao longo desta semana, com mais uma edição das "Noites em Santiago", organizadas pela Junta de Freguesia local e pela Câmara de Castro Verde, em parceria com diversas entidades locais.
07h00 - terça, 25/07/2017
Castro celebra
Batalha de Ourique
Castro Verde assinala esta terça-feira, 25 de Julho, os 878 anos da Batalha de Ourique com duas iniciativas promovidas pela Câmara Municipal e pela Direcção de História e Cultura Militar.
07h00 - terça, 25/07/2017
500 mil euros de investimento
na Mina de São Domingos
A Câmara de Mértola garantiu um financiamento comunitário de 500 mil euros na regeneração urbana da Mina de São Domingos, no âmbito do Plano de Acção Integrado Para Comunidades Desfavorecidas (PAICD).
07h00 - terça, 25/07/2017
Alqueva apoia agricultores no combate à seca
A Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA) vai facilitar o acesso à água nas suas infra-estruturas e reservatórios para abeberamento de gado e rega de emergência de culturas.

Data: 21/07/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial