07h00 - segunda, 01/02/2016

Cameirinha defende
"regresso" do Governo Civil

Cameirinha defende "regresso" do Governo Civil

Leonel Cameirinha defende que todos os distritos deveriam voltar a ter governador civil e considera que a decisão de extinguir o cargo "foi um erro que tem de ser corrigido".
O empresário considera que o governador civil "é uma figura importante que contribui para a região e faz muita falta", porque, acrescenta, "trata-se de uma alta representação do Estado na região" e "era um elo de ligação com Lisboa" que "dava proximidade com o Poder Central".
"Hoje nada disso existe e estamos ainda mais longe de Lisboa. Somos menos ouvidos e muitas vezes não conseguimos dar a conhecer os nossos problemas. Acho que o governador devia voltar e aquela justificação que a extinção serviu para reduzir custos não faz sentido", afirma o Comendador, que não poupa o antigo primeiro-ministro por ter tomada essa decisão.
"O senhor Passos [Coelho] não fez isso bem feito. Nem isso nem outras coisas!", remata.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 17/01/2018
Conceição Casanova
lidera Assembleia de Beja
A socialista Conceição Casanova foi eleita nesta terça-feira, 16 de Janeiro, presidente da mesa da Assembleia Municipal de Beja, substituindo no cargo Fernando Romba, que deixou funções depois de ter sido nomeado secretário-executivo da CIMBAL.
07h00 - quarta, 17/01/2018
FACAL 2018 já
tem data marcada
Já pode assinalar no calanedário: a 23ª edição da Feira de Artes e Cultura de Almodôvar (FACAL) irá realizar-se entre os dias 6 e 8 de Julho, adiantou ao "CA" fonte oficial da autarquia local.
07h00 - quarta, 17/01/2018
OP das Freguesias
continua em Odemira
O "Orçamento Participativo" (OP) de cada uma das 13 freguesias do concelho de Odemira vai continuar em 2018, depois do sucesso alcançado no ano anterior, revela fonte da Câmara Municipal.
07h00 - terça, 16/01/2018
Detidos em Ourique
por tráfico de droga
A GNR deteve nesta segunda-feira, 15 de Janeiro, em Ourique, dois homens, com 23 e 33 anos respectivamente, por suspeitas da prática do crime de tráfico de estupefacientes.
07h00 - terça, 16/01/2018
Técnicos da DGEstE
na Secundária de Castro
Um grupo de técnicos da Direcção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE) visitou nesta segunda-feira, 15 de Janeiro, a Escola Secundária de Castro Verde, que necessita de obras de requalificação.

Data: 12/01/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial